Ouça a RÁDIO LIVRE GAVIÕES!

As Origens

Em 1910, o clube inglês Corinthian Football Club acabava de realizar uma excursão no eixo Rio – São Paulo. As partidas apresentadas pelo time inglês encantaram o público brasileiro, especialmente um grupo de cinco operários do bairro do Bom Retiro, em São Paulo.

Naquela ocasião, o futebol reunia apenas a alta sociedade em clubes como o Paulistano e o Mackenzie.

Esses cinco jovens, no dia 1º de setembro de 1910, resolveram idealizar seus projetos e fundar um clube de futebol popular, batizaram-no por Sport Club Corinthians Paulista, em homenagem ao time inglês.

A primeira bola do clube foi comprada com o dinheiro doado por vizinhos de seus fundadores e o primeiro jogo disputado foi 1 X 0 para o adversário (União da Lapa), em partida realizada em 10 de setembro de 1910.

Dominada pela elite, a Liga Paulista de Futebol sequer conhecia o clube de operários do Bom Retiro e, até 1912, os Corinthianos lutaram para participar da Liga. Para isto, tiveram que disputar um triangular com outros times pretendentes à vaga.

Em 1913, o Corinthians conquistou o direito de participar de seu primeiro campeonato paulista e, já em 1914, conquistou seu primeiro título. O próximo desafio era a construção de um campo de futebol e, apesar das dificuldades financeiras que o clube enfrentava, o campo foi construído em tempo recorde, em sistema de mutirão, no qual, inclusive, muitos torcedores participaram. A construção do campo foi concluída em 1916, próximo ao local onde hoje funciona o Clube de regatas Tietê.

Neste mesmo ano, o Corinthians conquistou o seu segundo título paulista de forma invicta. Daí em diante, começou a escrever sua história como um clube popular de torcedores fiéis e apaixonados.

Não se pode falar em futebol sem contar a história do Corinthians e de sua fiel, apaixonada, vibrante e gigantesca torcida. São mais de 30 milhões de corinthianos espalhados pelo mundo.